Por Que Dizemos Que Peixes Não Tem Memória?

Você já deve ter ouvido falar da Dory, personagem que sofre de perda de memória recente no filme da Disney Procurando o Nemo. A animação retratou com muito humor a crença que diz que a memória dos peixes dura apenas alguns segundos. Apesar de popular, esse dizer é um mito. Hoje, diversas pesquisas foram feitas e foi comprovado que peixes possuem memória sim e ela ajuda eles a se adaptarem e, até mesmo, realizarem truques.

Essa crença pode ser associada com o fato de colocarmos peixes em pequenos aquários. Muitos dizem que isso não causa mal algum, pois eles esquecem o que acabou de acontecer, então não perceberiam que estão num espaço reduzido. A falta de memória dos peixes, como, por exemplo, dos peixinhos-dourados, foi desmentida quando cientistas conseguiram fazer com que esses animais ultrapassassem labirintos e lembrar dos locais onde estavam suas comidas.

Apesar desse mito continuar, dizer que os peixes não tem memória acaba sendo algo falso. Pois, foi provado que eles possuem sim memória a longo prazo, realizando testes com cientistas, reconhecendo habitats e com memorias associativas que os ajudam a relacionar o alimento ou o perigo com certos locais, os fazendo fugir de pescadores.

Por Que Os Peixes Não Piscam?

Se você passar horas observando um peixe, verá que ele nunca pisca. E isso tem uma explicação bastante simples: peixes não piscam porque não possuem pálpebras, essa pelezinha fina e delicada que temos sobre os olhos e que se fecham todas as vezes que piscamos. Por conta disso, seria impossível que eles fechassem os olhos, seja para piscar ou para dormir.

Além disso, nós piscamos para lubrificar os olhos com as lágrimas, e os peixes não precisam disso pois a membrana de seus olhos já está constantemente em contato com a água. E apesar de não poderem fechar os olhos, os peixes conseguem sim dormir. Eles, como qualquer outro animal, gastam energia durante suas atividades. Por isso, tem alguns períodos em que repousam, mesmo de olhos abertos.