Por Que A Babosa Faz Bem Para Pele E Para O Cabelo?

A babosa é uma planta natural que é rica em benefícios que ajudam os cabelos e a pele a alcançarem um ótimo estado de maciez e brilho.

O nome científico da babosa é Aloe Vera, isso mesmo, muitos não sabem, em sua composição, ela tem 18 aminoácidos que ajudam na formação de proteínas além das vitaminas A, CE, E, B1, B2, B2, B3, B3, B12 E B13, além de 20 minerais.

A babosa devido a grande quantidade de vitaminas e minerais é um maravilhoso hidratante capilar, bastando poucas aplicações e seu cabelo já estará fortalecido, macio, brilhoso, para quem tem cabelos cacheados a babosa ajuda na definição dos cachos.

Ela pode ser encontrada desde forma natural até industrializada, não importa se forem produtos comprados ou receitas caseiras sempre irão obter resultados excelentes.

Para obter esses resultados basta tirar toda a poupa que se encontra dentro da casca da babosa.

ATENÇÃO: NUNCA USE A CASCA DA BABOSA ELA É ALTAMENTE PREJUDICIAL A SAÚDE.

Uma receita de babosa que pode se comprovar e ter resultados rapidamente é:
100 ml de água junto com a polpa de uma folha de babosa, misture tudo e passe após lavar o cabelo como de costume e deixe por 20 minutos. Pode ser feita de 15 em 15 dias.

O cabelo terá grande brilho, vitalidade e será totalmente reconstruído.

Por Que Devemos Hidratar O Cabelo?

No dia-a-dia, os cabelos sofrem com a poluição, o vento, os raios solares, além de todas as coisas que os submetemos, como químicas e tinturas. Para manter os fios sempre bonitos é preciso restaurar esses fios e uma maneira de fazer isso é com a hidratação.

A hidratação devolve a água para os seus cabelos, tornando-os mais belos, maleáveis e saudáveis. Um fio sem hidratação se torna ressecado e o ressecamento capilar torna mais difícil realizar algumas técnicas no cabelo, como tentar alisá-los ou prendê-los em algum penteado. Apenas quando os fios estão hidratados e bem cuidados que o cabelo fica com um aspecto mais bonito e com os fios controlados.

Além de hidratar com cremes, usar algumas proteínas e queratinas ajudam a manter o cabelo ainda mais hidratado e bem cuidado. Apenas a hidratação não é suficiente para ter seu cabelo perfeito. Usar um cronograma capilar respeitando o tempo necessário que seu cabelo precisa para cada procedimento é a melhor forma de cuidar da saúde capilar. Em um cronograma capilar existem, além da hidratação, a nutrição e a reconstrução. Sendo o primeiro para devolver nutrientes ao cabelo e o segundo para adicionar massa aos fios.

Por Que Usar Chapinha Estraga O Cabelo?

A chapinha, também conhecida como prancha, é um item indispensável no dia a dia de muitas mulheres. Ela alisa até os fios mais enrolados e ainda tira o frizz, trazendo brilho e maciez para os cabelos. Porém, quando usada com frequência ou da maneira errada, pode acabar ressecando-os, causando a quebra e a queda.
Os fatores que podem fazer com que a chapinha estrague os fios são vários:

• Usar a temperatura errada: cabelos que possuem química ou que são muito finos não devem ser submetidos à temperaturas muito altas. De preferência, deve-se usar o aparelho a no máximo 180°;

• Não usar protetor térmico: o uso de algum produto que tenha protetor térmico é fundamental para formar uma barreira de proteção nos fios e impedir que eles sejam agredidos pelo calor da chapinha;

• Passar a chapinha muitas vezes na mesma mecha: fazer isso resseca os fios. O correto é passar a chapinha no máximo 6 vezes em cada mecha, deslizando-a de forma rápida.

Por Que O Cabelo Fica Oleoso?

Algumas pessoas possuem cabelos mais oleosos, que ficam sujos com mais facilidade e acabam sentindo a necessidade de lavá-los todos os dias. Já outras tem cabelos mais secos e conseguem mantê-los limpos por mais dias. Porém, todos os cabelos acabavam ficando oleosos se não forem lavados. Isso acontece porque no couro cabeludo, assim como em outras partes do corpo, temos glândulas sebáceas que produzem óleo para protegê-lo.

Existem alguns fatores que podem fazer com que esse óleo se torne excessivo. Lavar o cabelo com água quente, hábito muito comum no frio, é o principal deles. Os secadores também devem ser usado em temperaturas mais baixas para não piorarem o problema. Outra coisa que pode aumentar a oleosidade dos fios é usar cosméticos como condicionadores e cremes muito próximo à raiz. Em alguns casos, usar produtos específicos para cabelos oleosos também pode ajudar a amenizar o problema sem agredir os fios.

Por Que Usar Chapinha Estraga O Cabelo?

A chapinha, também conhecida como prancha, é um item indispensável no dia a dia de muitas mulheres. Ela alisa até os fios mais enrolados e ainda tira o frizz, trazendo brilho e maciez para os cabelos. Porém, quando usada com frequência ou da maneira errada, pode acabar ressecando-os, causando a quebra e a queda.

Os fatores que podem fazer com que a chapinha estrague os fios são vários:

• Usar a temperatura errada: cabelos que possuem química ou que são muito finos não devem ser submetidos à temperaturas muito altas. De preferência, deve-se usar o aparelho a no máximo 180°;

• Não usar protetor térmico: o uso de algum produto que tenha protetor térmico é fundamental para formar uma barreira de proteção nos fios e impedir que eles sejam agredidos pelo calor da chapinha;

• Passar a chapinha muitas vezes na mesma mecha: fazer isso resseca os fios. O correto é passar a chapinha no máximo 6 vezes em cada mecha, deslizando-a de forma rápida.

Por Que Sentimos Dor Ao Arrancar Um Cabelo Mas Não Ao Cortar?

Quando puxamos um cabelo ou pelo pela raiz, sentimos dor. Já quando cortamos, não. Isso acontece porque na raiz há terminações nervosas. Elas são as responsáveis por levar para o cérebro os sinais de dor quando somos feridos, cortados ou nos machucamos de alguma forma. Levam também as sensações relativas ao tato, como por exemplo quando colocamos a cabeça sob a água quente do chuveiro.

Já quando cortamos não sentimos dor porque as células que compõem a estrutura dos fios são células mortas, chamadas de queratina. Nelas não há nenhum nervo, portanto não há como mensagens de dor serem enviadas ao cérebro.

Por Que Grávidas Não Podem Pintar O Cabelo?

As tintas de cabelo possuem em sua composição metais pesados e amônia. Esses elementos, se atravessarem a placenta, podem ser muito prejudiciais ao feto.

Pode acontecer do bebê sofrer de malformação congênita.

Entretanto, não existem estudos comprovando os malefícios de pintar o cabelo durante a gestação. Nunca foram feitos testes com essa intenção em grávidas já que seria uma coisa antiética, mas os médicos recomendam que as mulheres não arrisquem.

Porém há algumas alternativas que podem ser usada depois da primeira metade da gestação, que é quando o feto já está formado. Nessa fase, é permitido fazer luzes ou mechas, já que os produtos para fazê-las não tem contato direto com o couro cabeludo. Outra opção segura seria o uso da hena pura para pintar os cabelos, que é um produto natural.