Por Que Sentimos Antipatía?

A antipatía é a aversão ou ojeriza para com algumas pessoas. Considerada uma repulsão que afasta as pessoas umas das outras.

Para alguns seria uma incompatibilidade e engana-se quem diz que não há motivo algum aparente. Talvez não você não se dê conta do verdadeiro motivo, mas existe sim uma explicação bem lá no fundo.

Há uma atração interpessoal que podemos sentir ou não pelas pessoas quando as conhecemos e no caso da antipatía, essa afinidade não acontece.

Pesquisas relacionadas ao comportamento humano sobre esse tema afirmam que alguns fatores são relevantes e que levam as pessoas a sentirem antipatía por alguém como: a aparência física, estado de humor e características da personalidade. Às vezes sentir aversão a algumas coisas, a explicação está bem no passado, se investigar. Devido a um trauma ou por uma experiência ruim que tenha vivenciado.

Viver em sociedade possibilita ao ser humano uma gama de sensações e amadurecimento. Saber aceitar as diferenças depende muito do aprendizado e dos valores. Aprender a conviver bem com os sentimentos negativos, trabalhá-los e ser mais tolerante. Não fazer com que as pessoas nos aceitem a força. Entender que vai existir pessoas que você poderá se relacionar melhor e outras não! Não ser ingênuo em acreditar que todos serão obrigados a gostar de nós e a gente do mundo. Aí onde está a artimanha de saber viver em sociedade.

Por Que Sorrimos?

Somos uma espécie sociável e o ato de sorrir faz parte desta socialização entre as pessoas. Um bom sorriso pode abrir portas e criar laços. Ele faz parte das variedades de comportamento e do humor. Sorrimos para demonstrar prazer, alegria e simpatía. No entanto, existe diversos tipos de sorrisos e que eles podem ser interpretados de diferentes formas.

Um sorriso envergonhado é diferente de um sorriso dado de forma espontânea.

Sorrir também faz bem para a saúde. Há casos que começamos a rir durante a gestação desde muito cedo percebemos seu significado que vai além do social. Alguns o utilizam para serem gentis e sociáveis ou para manobrar e influenciar algumas situações.

Há quem sorri de forma falsa e para dissimular. O verdadeiro sorriso funciona como um estimulador dos músculos faciais para liberar substâncias agradáveis como a endorfina.

Dar umas boas gargalhadas faz bem à saúde, estreita os laços e conquistas as pessoas de forma espontânea e eleva nossa autoestima em nos sentirmos mais seguros e amistosos.

Por Que Sentimos Frio?

Sentimos frio devido a sensação térmica que regula a temperatura do corpo humano baixa e perdemos o calor que nela conta e que nos ajuda a controlar e aquecer o organismo. A temperatura média dos humanos varia entre 36 e 37,5 graus de acordo com a hora do dia e a manutenção da mesma.

Se o ambiente está frio e o corpo perde calor, o que acontecem é que pequenos músculos que ficam na pele reagem para proteger e aquecer. É aquela sensação de arrepio e pelos eriçados.

Quando se senti frio ao sair do banho é por causa desta perda de calor. Perceba que quando secamos a pele amenizamos a sensação do frio, por isso, quando se está em estado gélido a maneira mais eficaz e rápida é nos agasalharmos.

Quando não nos protegemos adequadamente o corpo pode sofrer hipotermia e entrar em estado de choque, os movimentos ficam lentos, os batimentos cardíacos diminuem, as pupilas dilatam, o corpo e principalmente os dentes começam a tremer (ação involuntaria e natural do corpo em tentativa de se reaquecer) e se não for tratado e aquecido rapidamente, poderá ter algum membro necrosado pelo congelamento e o risco de morte acaba sendo inevitável.

Por Que Cuspimos?

Cuspimos para poder expelir algo que não queremos mais dentro do organismo. Pôr para fora alguma substância como saliva, catarro ou tirar o gosto ruim da boca, embora este simples ato em algumas culturas seja visto como uma prática desrespeitosa.

Para alguns pode ser uma mania.

Algumas pessoas cospem mais que outras, que é o caso dos fumantes, que acabam ficando com resto de nicotina na garganta e na boca e vivem cuspindo. Mulheres grávidas também cospem bastante devido aos enjoos e mal-estar que elas sentem durante o período de gestação.

Em alguns países esse ato acaba sendo até um ritual, tendo um significado diferente em cada lugar, como na china, que tem o costume de cuspir em vias públicas, para eles é sinal de purificação.

Há casos de pessoas que produzem muita saliva e vivem salivando até mesmo quando falam, ela sai pelo canto da boca ou respinga em quem está próximo. Este problema de salivação excessiva está no frênulo lingual, uma membrana que vai normalmente do meio da parte inferior da língua que se espalha. Podemos vê-la quando levantamos a língua. Se esta alteração for perceptível na infância é bom que os pais busquem ajuda de um especialista.