Por Que Temos Chulé?

É conhecido pelo nome científico de “bromidose plantar” e é causado pelo suor intenso na planta dos pés. Ocorre com mais frequência nos homens do que nas mulheres. A falta de higiene também contribui para que este problema se agrave, uma vez que aumenta a proliferação dos fungos e bactérias. Mas, conviver com ele é muito constrangedor do que parece e muitas vezes desanima e abala quem o tem ao retirar o sapato na frente de outros.

O aparecimento deste odor ruim nos pés está relacionado com o aumento de bactérias que se combinam com o suor, como foi dito anteriormente, e quando elas não encontram com o ar para se espalharem se fixam em um só local causando o cheiro fétido ou de bicho morto como muitos chamam vulgarmente.

Mas o surgimento de frieiras, bolhas e feridas contribuem para o chulé. Eis algumas dicas dos médicos dermatologistas que muitas pessoas desconhecem e que podem combater esta enfermidade. Enxugar bem os pés, os dedos e as unhas antes de se calçar é uma boa prevenção, assim como lavá-los com esponja ou bucha e sabonete. Usar um talco antisséptico é uma boa alternativa isso após secá-los bem. Usar meias de algodão também previne e ajuda na evaporação do suor melhor que as meias de nylon. Trocá-las e esterilizá-las diariamente é muito importante.

Outra dica médica é na escolha dos calçados. Dê preferência aos sapatos de couro ou tecidos. Nada de usar aqueles de plásticos ou borracha, com materiais inapropriados, isso só piora cada vez mais o chulé se alastrar. Se surgirem alterações na pele dos pés ou micose nas unhas procure um especialista e busque um tratamento mais adequado. Mais do que a vergonha é preciso se conscientizar e saber que existe uma forma apropriada para tratar este problema.

Você Sabia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *