Por Que Temos Vaidade?

A vaidade é sinônimo de presunção ou soberba que o ser humano às vezes desperta muito cedo. Esse interesse de atrair a atenção e admiração dos outros faz com que muitas pessoas buscam freneticamente ser e ter.

A vaidade atrai também holofotes e arrogância e muitas pessoas sentem-se semideuses diante de tanta imodéstia.

Se gasta muito tempo na tentativa de atrair olhares para si mesmo e atualmente há uma preocupação exacerbada com o aspecto físico. Um verdadeiro culto narcisista entre homens e mulheres em se destacar pela aparência. No entanto, quando partimos para outros seguimentos como família e trabalho ao exibirem as conquistas materiais e intelectuais, muitas vezes humilhando e menosprezando os demais.

Há pessoas que tem o prazer genuíno em tudo que faz sentem crescer sua autoestima nisso. Entretanto, esse gozo quando transpassa ao sentimento de orgulho começa a afetar as relações. Os prazeres derivados do sentimento vaidoso são maus vistos pelos demais e dignos de juízo.

Os esnobes sofrem ojerizas das pessoas do seu meio de convivência e são chamados de insuportáveis ou ufanos. Aqueles que gostam de se exibir e humilhar os outros. E tudo que algumas pessoas fogem é da humilhação e do rebaixamento. Não ter riqueza, inteligência, beleza ou dotes físicos considerados importantes na sociedade moderna faz com que muitas pessoas se sintam menosprezadas e rebaixadas diante desse cenário. E o que fazer quando não se tem todas estas características de sucesso e poder?

Como não se deprimir e continuar estimulado em um ambiente que a competitividade é estimulada e cultuada?

Não se tem a resposta precisa para estes questionamentos, o que podemos concluir é que tudo levado ao extremo é prejudicial às relações humanas.

Em muitas culturas ou religiões a vaidade é considerada um ato de transgressão, algo que afasta os humanos do divino, e os atos espirituais são desprovidos de vanglória e de futilidade. Não nos devemos nos considerar superiores aos demais, uma vez que todos somos dignos de grandezas e fraquezas.

Você Sabia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *