Por Que Judeus Não Comem Carne Suína?

Quando um alimento pode ser consumido pelos judeus ele leva o nome de “kasher”, Esses alimentos estão dentro de todas as leis alimentares judaicas, as leis de kashrut, e todas vem de preceitos bíblicos, a maioria do capítulo 11 do livro de Levítico:

” E falou o SENHOR a Moisés e a Arão, dizendo-lhes:
Fala aos filhos de Israel, dizendo: Estes são os animais, que comereis dentre todos os animais que há sobre a terra;
Dentre os animais, todos os que têm unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, e rumina, deles comereis. (…)

Também o porco, porque tem unhas fendidas, e a fenda das unhas se divide em duas, mas não rumina; este vos será imundo.
Das suas carnes não comereis, nem tocareis nos seus cadáveres; estes vos serão imundos.“.
Há muitos anos acreditava-se que essas restrições alimentares eram feitas para evitar alguma contaminação, por medidas sanitárias. Mas, hoje, já se sabe que os judeus não se alimentam de alimentos que são “não-kasher” apenas para seguir a lei divina, sem se pautar em nenhuma razão científica.

Quando eles se alimentam de um alimento kasher, estão aprendendo a reverenciar a vida. Uma carne kasher possui toda uma consciência divina, eles acreditam que esse animal é uma das criações de Deus e sua morte não pode ser levada de forma leviana.

Além da restrição com a carne suína, os judeus também não podem comer camarão, carne de coelho e não podem misturar numa mesma refeição carne com leite e seus derivados. Mesmo a carne bovina, quando o animal é abatido, deve ser feito de uma forma toda especial para que o animal seja sagrado.

Você Sabia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *