Por Que Cometemos Atos Falhos?

O ato falho, ou lapsos freudianos, acontecem quando uma ação é realizada sem que a gente tenha dado esse comando ao cérebro. Mas, ao contrário dos movimentos involuntários, o ato falho tem tudo a ver com o nosso inconsciente.

Freud, pai da psicanálise, acreditava que esses atos falhos revelavam pensamentos inconscientes, como desejos que não imaginávamos que possuíamos. E, seja por causa de crenças ou pela forma como fomos criados e educados, esses desejos são retidos pela consciência. E os lapsos revelam aquilo que estava oculto no inconsciente.

Teorias mais modernas, acreditam que os atos falhos são cometidos apenas por erros de linguagem e de memória, sem ter muito a ver com os sentimentos e o inconsciente. Há pesquisas que revelam que há cada mil palavras ditas, erramos de um a dois termos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *