Por Que Se Bate Panelas Em Forma De Manifestação?

O ato de bater panelas, ou panelaço, teve sua origem na década de 70 no Chile em plena ditadura militar. Na época, os manifestantes iam em suas janelas, em sinal de descontentamento contra o governo, e batiam panelas e outros utensílios domésticos para fazer barulho e incomodar. Desde então, o panelaço virou um símbolo de luta, descontentamento e revolução.

Na América do Sul é comum chamarem o panelaço, também, de cacerolaço, devido a palavra cacerola que significa panela em espanhol. Esse tipo de manifestação já ocorreu em diversos países latinos, como na Argentina, no Uruguai, na Venezuela, no Chile e também em países europeus como a Espanha e a Islândia. Popular por todo o mundo, no Brasil não seria diferente.

Bater panelas se tornou muito popular no país com a imposição do impeachment da presidenta Dilma Rousseff em 2015, mas não foi a primeira vez que ocorreu no Brasil. Em 1984, os brasileiros pediram, por meio de um panelaço, Diretas Já. Marcando o fim da ditadura militar no país.

Você Sabia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *