Por Que Marte Passará A Ter Um Anel?

Isso acontecerá devido as forças de gravidade em que uma das luas de Marte, a lua Fobos irá se desintegrar, mas não será agora, acontecerá a mesma coisa que com saturno, só que não será um tão grande anel como o do nosso belo planeta Saturno, as rochas e a poeira estelar que ficará dessa desintegração estará no campo gravitacional de Marte e fará com que se transforme em um anel.

Marte apesar de não ser tão grande tem duas luas que orbitam ao seu redor são conhecidas como Fobos e Deimos, Fobos é a maior e de um tempo para cá, ela tem se aproximado de Marte cada vez mais, ela irá colidir ou se desintegrar antes mesmo devido a grande poder de gravitação que há em marte, mais isso ainda irá demorar, cerca de 20 à 40 milhões de anos.

Daqui 20 à 40 milhões de anos, Marte será o 5° planeta do nosso sistema a ter anéis, já que Júpiter, Saturno, Netuno e Urano tem anéis, o que muitos não sabem pois os mais visíveis são de Saturno, mas se fizerem observações com telescópios que permitem a visão exata dos planetas, os anéis estarão presentes.

Por Que Júpiter Tem Esse Nome?

Júpiter é o nome romano do rei dos deuses romanos ele tem esse nome devido ao papel que ele exerce no sistema solar, principalmente sobre a Terra e seus habitantes, Júpiter exerce o papel de protetor, para que nenhum asteroide se choque com a Terra, se não fosse por Júpiter a Terra não existiria.

A muitas eras atrás, quando os planetas e outros objetos massivos eram destruídos, destroços eram lançados pelo espaço e o magnetismo gigantesco de Júpiter os lançou para dentro de globo primordial (o começo).

Júpiter tem vários conjuntos de asteroides presos em sua gravidade, pois os que se aproximam da Terra acabam presos por sua enorme gravidade o que impede de acertar nossa Terra e acabar com todos os habitantes.

Ainda analisando muitas eras atrás antes de tudo ser formado, Júpiter era um planeta rochoso, ele tem uma parte sólida dentro dele e os gases a rodeiam, o interessante é que esse pequeno planeta sólido tem um grande poder de magnetismo pois sua gravidade é grande.

Análises são feitas e cientistas tem uma teoria que antes da formação original do nosso sistema solar havia outros planetas rochosos e gasosos e Júpiter chegou furioso com sua enorme gravidade pode ter feito os planetas girarem como se ele fosse o sol pra gente, o que entrou em colapso e acabaram batendo-se um no outro, o que pode ter gerado a grande quantidade de gás que faz parte do seu corpo planetário.

Por Que Saturno Tem Anéis?

Não é de conhecimento como os anéis de saturno foram formados , mas a teoria mais aceita é que aconteceu há algumas centenas de milhões de anos, algum cometa tenha batido com alguma das luas de saturno se desintegrando e formando a estrutura maravilhosa que conhecemos hoje como os anéis de saturno.

Os anéis são feitos de gelo, poeira e material rochoso, os cientistas a comparam com pista de patinação pois ela tem apenas 1,5 km de espessura é muito fina.

O cientista que descobriu os anéis de Saturno foi o grande gênio Galileu Galilei, no ano de 1610 no mês de Julho, que tinha inventado o telescópio não a muito tempo e não tinha imagens com boa qualidade, tanto que no começo era de pensamento de galileu que eram estruturas borradas, eram parecidos com orelhas, o que mais o confundiu foi que no ano de 1612 não era mais visível os anéis, devido a como estava posicionado em relação a Terra.

No ano de 1655 outro cientista Christiaan Huygens descobriu que as imagens borradas (orelhas como eram chamados), eram discos finos e lisos, como se separasse o planeta em dois, dependendo de como se posicionava no céu.

Por Que Massa É Diferente De Peso?

Massa é a quantidade de matéria existente no corpo inerte, não inerte ou gravitacional, pois de acordo com a 2ª lei de Newton, quanto maior a quantidade de massa, maior atração gravitacional irá acontecer entre os corpos.

2ª Lei de Newton:

A massa é igual à razão entre a força aplicada em um corpo e a respectiva aceleração.

m= massa v=volume d=densidade

Para se calcular a massa utiliza-se

M = d x v

Unidade de medida do sistema Internacional [Kg]

O peso dizendo de modo mais simples é a quantidade da massa do objeto multiplicado pela gravidade e PODE HAVER VARIAÇÕES dependendo do local onde esteja devido a gravidade, a massa NÃO HÁ ALTERAÇÕES, pois seu cálculo não depende de uma algum valor que possa a vir ser alterado

P= Peso M= massa g= gravidade

Para se calcular utiliza-se a fórmula

P = m x g

Unidade do Sistema Internacional [N]

A diferença entre peso e massa é a que massa é o volume da quantidade de matéria inerte que há naquele corpo e que não sofre alteração independente do local onde esteja, a MASSA será sempre a MESMA.

O peso é completamente dependente da massa e da gravidade, que faz com que haja oscilações nos resultados dependendo do local onde esteja.

Por Que Temos Diferentes Tipos De Gravite?

O gravite que usamos para escrever com lápis ou lapiseiras é um dos alótropos (um mesmo elemento químico que origina diferentes substâncias simples) do carbono, uma outra forma alotrópicas do carbono é o diamante. Os grafites são oriundos de minas de gravite e quando são fabricados é acrescido a sua fórmula argila. A argila e o grafite juntos originam o que usamos hoje dentro dos lápis e das lapiseiras.

Por causa dessa mistura com a argila é que o temos diferentes tipos de gravite, cada com um grau de dureza e uma tonalidade diferente. Lothar Faber, criador da Faber Castell, criou uma escala que define as graduações dos gravites: 6H, 5H, 4H, 3H, 2H, F, HB, B, 2B, 3B, 4B, 5B e 6B.

O H deriva da palavra em inglês Hard que significa duro em português. E o B vem da palavra Black, preto em português. Quanto mais H, mais forte ele será e quanto mais B, mais escuro. O F é derivado da palavra Fine, em português bom, ou seja, ele é um traço intermediário, fino e resistente.

Os lápis mais usados são os 2B, B e HB por serem mais macios e ainda serem bem escuros, possibilitando a leitura. Os outros tipos de lápis são indicados para desenhistas e ilustradores que trabalham com precisão e sombreamento.

Por Que A Bateria Dos Celulares Acaba Rápido?

Hoje em dia, usamos nosso celular o tempo todo, seja para o lazer, para comunicação ou para nos informarmos. Muitas vezes ele é usado até mesmo para o trabalho. Porém, a carga da bateria acaba muito rápido e nem sempre temos como recarrega-la, o que pode ser um grande problema.

As causas para essa curta duração da bateria dos smartphones são várias. Uma delas é a quantidade de brilho que está sendo usada na tela. Gerar brilho exige bastante bateria. Para acabar com esse problema, o ideal é deixar a tela o menos brilhante possível.

Outra coisa que faz com que a bateria acabe rápido são as conexões. Deixar o aparelho o tempo todo conectado à internet, seja WiFi ou 3G, gasta muita bateria. Outras conexões como o Bluetooth também fazem isso. O ideal é desliga-las quando não estiver mexendo no celular. Outra boa opção é colocar o celular no modo avião ou até mesmo desliga-lo para economizar bateria enquanto não estiver usando.

Por Que Os Oceanos Não Se Misturam?

Um fato muito curioso, é que no Golfo do Alasca existem dois oceanos diferentes chamados Mar Báltico e Mar do Norte que se encontram mas não se misturam, este prodígio leva o nome de Barreira Hidráulica.

Isso acontece devido o descongelamento das geleiras, criando uma nova densidade na água  que faz com que elas fiquem muito diferentes, modificando a quantidade de sal e a temperatura dificultando assim que elas se misturem.

Tudo isso origina turbulência perene e violentas correntes que impedem banho e surfe.

O fenômeno pode durar algumas semanas ou meses, mas não é definitivo, aos poucos estas águas vão se misturando e com o tempo ficando mais homogenia.

 

Por Que As Flores São Coloridas?

As flores podem ser encontradas nas mais diversas cores, tamanhos e formatos, e diferente das folhas, nunca são verdes. A cor verde das folhas existe por conta de um pigmento chamado clorofila, já as cores variadas das flores vem de substâncias que recebem o nome de flavonoides. Assim como acontece com a clorofila que reflete luz verde, essas flavonoides refletem determinada cor quando a luz chega até a flor, e é essa a cor que vemos nela.

Já a utilidade das cores é a de atrair insetos até as flores, pois são eles os responsáveis pela reprodução delas. Quando se alimentam do pólen presente no miolo das flores, eles acabam transportando esse pólen de uma para outra, fazendo assim com que elas se reproduzam.

Por Que As Árvores Do Cerrado São Tortas?

O Cerrado é um dos diferentes biomas existentes na América Latina. As árvores encontradas nessas regiões são sempre inclinadas para um dos lados. Essa característica se dá por vários motivos. Um deles é que o solo é bastante ácido, o que acaba diminuindo os nutrientes disponíveis para as plantas. Ele também contém uma quantia muito grande de alumínio, que é tóxico para as árvores.

Esses dois fatores, unidos, acabam fazendo com que as plantas sofram de uma espécie de nanismo e fiquem tortas.

Além disso, outra causa é o excesso de incêndios, muito comum nessas áreas de clima seco. Conforme vai sendo atingida pelo fogo, a árvore vai tendo seu galhos queimados e depois disso eles começam a crescer em diferentes direções, o que impede que o tronco da árvore cresça reto.

Por Que As Ostras Produzem Pérolas?

As pérolas começam a se formar quando algum invasor como um parasita ou qualquer corpo estranho perfura a concha e invade o interior de uma ostra. Ele então encosta em seu manto, e causa uma irritação. Para se defender, o animal começa a produzir uma substância chamada de madrepérola ou nácar. Essa substância vai sendo jogada sobre o invasor e endurecendo, até formar a pérola.

E todo esse processo pode levar cerca de três anos.

O mais comum é que a pérola formada tenha uma superfície bastante irregular, e não perfeitamente redonda. Por isso as que são esféricas custam tão caro. Além disso, não são todas as ostras que produzem pérolas. As que produzem são as chamadas perlíferas.